6 Dicas (Infalíveis) Para Sair Do Endividamento!

Você está buscando se livrar das dívidas e limpar o seu nome em órgãos de proteção ao crédito? Pois bem, a Vivence Soluções preparou essas seis dicas (infalíveis) para te ajudar a sair dessa!

Contexto Histórico

A princípio, desde a instauração do Plano Real (1994), o programa brasileiro que surgiu com o objetivo de acabar com os altos índices de inflação, permitiu-se o crescimento do mercado de crédito brasileiro, antes impossibilitado por causa das altas taxas de inflação.

Em resumo, a expansão do mercado de crédito refletiu diretamente na trajetória da atividade econômica, contribuindo para uma maior taxa de crescimento econômico no Brasil. No entanto, essa cultura do crédito levou o consumidor a ter uma certa indiferença quanto às taxas de juros em si (custo real), sendo o valor e o número das prestações mais importantes do que o próprio custo do financiamento.

Hoje, quase três décadas depois, por não se atentar ao custo total dos financiamentos, os juros das faturas viraram uma ‘bola de neve’ e essa cultura do crédito acabou tornando-se de fato um pesadelo para muitos brasileiros.

Dicas (infalíveis) para sair do endividamento

Pois então, observando essa dificuldade em sair do endividamento, a Vivence Soluções preparou essas seis dicas infalíveis para você sair do aperto e conquistar a tranquilidade de ter todas as contas em dia.

1. Coloque todas as suas contas no papel!

Primeiramente, anote tudo! Desde as receitas, tanto fixa, variáveis, como extra, as despesas essenciais e não-essenciais e os seus investimentos, sejam eles: poupança, seguros, consignados, etc.

2. É fundamental você saber quanto deve!

Portanto, faça um planejamento financeiro: analise primeiro o que cabe no seu bolso e comece quitando pelas taxas de juros mais altas. 

3. Possui investimentos ou renda extra?

Além de poupar com os gastos não essenciais, buscar uma renda extra ou novas alternativas de investimentos são ótimas opções para te ajudar na atual situação financeira. 

4. Já tentou renegociar suas dívidas?

Afinal, pode ser viável renegociar suas dívidas caso o financiamento oferecido pela sua financeira possua taxas de juros inferiores ao do parcelamento atual. Se informe!⠀

5. Fazer um empréstimo é uma opção!

Por isso, vale a pena comparar! Já que, na maioria das vezes, a taxa de rendimento de seus investimentos é menor que os juros pagos pelos empréstimos.

6. A ideia de que a dívida vai “vencer” e parar de existir é falsa!

A verdade é que o seu registro é retirado dos departamentos de crédito após cinco anos. Mas, ainda assim, a dívida continua existindo e segue aumentando, por conta dos juros das parcelas.

Enfim, gostou do conteúdo? Comente, compartilhe com seus amigos e salve para você não esquecer! Ou ainda, se preferir, entre em contato com a Vivence Soluções para que possamos te ajudar a sair dessa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *